MOSSORÓ

DIFERENTEMENTE DE MUITOS POLÍTICOS EU DIGO SEM FALSIDADE EU AMO A CIDADE DE MOSSORÓ – STPM JOTA MARIA, JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA, JOTA JÚNIOR E JÚLIA MELISSA – MOSSORÓ-RN

MOSSORÓ

segunda-feira, 9 de março de 2009

UERN - MOSSORÓ

UERN
A Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte (FURRN) foi criada pela Lei Municipal Nº 20/68, de 28 de setembro de 1968, assinada pelo prefeito Raimundo Soares de Souza (01/07/1920 – 30/10/1996), com o objetivo de implantar progressivamente e manter a Universidade Regional do Rio Grande do Norte (URRN). Entretanto, o sonho de dotar Mossoró de uma instituição de ensino superior é mais antigo. Seu marco inicial é a Faculdade de Ciências Econômicas de Mossoró (FACEM), instituída através da Resolução n.º 01/43, de 18 de agosto de 1943, por iniciativa da Sociedade União Caixeiral, mantenedora da Escola Técnica de Comércio União Caixeiral. À luta do grupo de idealistas da União Caixeiral, somou–se a União Universitária Mossoroense, entidade fundada em 9 de julho de 1955, composta por universitários de Mossoró que estudavam em outras cidades. A entidade foi presidida por João Batista Cascudo Rodrigues que veio a ser o primeiro reitor da URRN. Como resultado desses esforços, surgiu, com a Lei Municipal n.º 41/63, de 5 de dezembro de 1963, sancionada pelo prefeito Antônio Rodrigues de Carvalho, a Fundação para o Desenvolvimento da Ciência e da Técnica (FUNCITEC) que, em 1968, foi transformada em FURRN pelo então prefeito Raimundo Soares de Souza. Após a transformação da FUNCITEC em FURRN, Monsenhor Walfredo Gurgel, então governador do Rio Grande do Norte, autorizou o seu funcionamento como instituição superior, através do Decreto Estadual n.º 5.025, de 14 de novembro de 1968. Integravam, inicialmente, a URRN, nos termos da Lei n.º 20/68, a Faculdade de Ciências Econômicas de Mossoró, a Faculdade de Serviço Social de Mossoró, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Mossoró e a Escola Superior de Enfermagem de Mossoró. Em 19 de fevereiro de 1973, o prefeito Jerônimo Dix-huit Rosado Maia segmentou a administração da Instituição. Assim, a FURRN passou a ser gerida por um presidente, a quem cabia as atividades burocráticas e a captação de recursos financeiros, e a URRN, por um reitor, incumbido das ações acadêmicas. Esse modelo administrativo vigorou por alguns anos, voltando mais tarde uma só pessoa a gerir, juntamente com os conselhos superiores, a mantenedora (FURRN) e a mantida (URRN). Um dos passos mais importantes para a continuidade da Instituição foi dado no dia 8 de janeiro de 1987. Naquela data, o governador Radir Pereira, através da Lei nº5.546, estadualizou a FURRN, que já contava com o Campus Universitário Central e os Campi Avançados de Açu, Patu e Pau dos Ferros. A luta pela estadualização uniu todos os segmentos acadêmicos e vários setores da comunidade. Duas pessoas aí se destacaram: Jerônimo Dix-huit Rosado Maia, que fez, em seu segundo mandato como prefeito, a doação do patrimônio da FURRN ao Estado, e o reitor Sátiro Cavalcanti Dantas, que comandou o processo em um momento de grave crise. Outro passo importante na história da URRN foi o seu reconhecimento pelo Conselho Federal de Educação, em sessão realizada no dia 4 de maio de 1993, conforme Portaria Ministerial n.º 874, de 17 de junho de 1993, e Decreto n.º 83.857, de 15 de agosto de 1993, do ministro Murílio de Avellar Hingel. Em 29 de setembro de 1997, o governador Garibaldi Alves Filho, através da Lei Estadual n.º 7.063, transformou a Universidade Regional do Rio Grande do Norte em Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, mantendo, no entanto, a sigla URRN. Em 15 de dezembro de 1999, o Governo do Estado, através da Lei n.º 7.761, alterou a denominação de Universidade Estadual do Rio Grande do Norte para Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN, o que implicou na alteração, também, da denominação da mantenedora, passando de Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte para Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - FUERN, através do Decreto Nº 14.831, de 28 de março de 2000.
REITORES
1 – João Batista Cascudo Rodrigues – 1968
2 – Francisco Canindé Queiroz Silla – 1973

3 – Maria Gomes de Oliveira – 1977
MARIA GOMES DE OLIVEIRA,natural de Apodi-RN, nascida a 30 de novembro de 1938. Primeira Reitora de uma Universidade Pública no Brasil, a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, no período de 1973 a 1977. Iniciou seus primeiros estudos em sua terra natal, cursando o Primário no Grupo Escolar Ferreira pinto e em seguida foi estudar na cidade de Mossoró. Na Escola Normal cursou o ginasial e o pedagógico. Através do Bispo de Mossoró, Dom João Batista Portocarreiro(07/06/1904 - 06/01/1959), beneficiou com uma bolsa do SESI para estudar o curso de Serviço Social na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em Natal. Ao concluir o referido curso, retornou para Mossoró onde desenvolveu várias atividades como fundadora do SESX, funcionária do SESI e SENAI, foi a primeira Secretária de Educação do município de Mossoró, na gestão do prefeito Raimundo Soares de Souza (01/07/1920 – 30/10/1996), no período de 1963 a 1969, que lhe conferiu o título de cidadã mossoroense. Participou juntamente com o professor João Batista Cascudo Rodrigues (23/06/1934), da fundação da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte e da Faculdade de Serviço Social de Mossoró-FASSO, sendo diretora desta última, durante oito anos.
Foi Secretaria de Educação do município de Natal, na gestão do prefeito, Dr. Vauban Bezerra de Farias (1924 – 02/04/2006) que lhe conferiu o título de cidadã natalense. Concorreu ao processo para a seleção do corpo docente da UFRN, onde trabalhou no GRUTAC; recebeu também o título DE Amiga da Marinha do Brasil. Em 19 de janeiro de 1973, participou da Lista Tríplice que lhe nomeou reitora da UERN pelo então prefeito de Mossoró, Dr. Antônio Rodrigues de Carvalho (13/806/1927). Recebeu das mãos do professor Francisco Canindé Queiroz Silva, e passou para Gabriel Fernandes de Negreiros.

4 – Gabriel Fernandes de Negreiros – 1975 –
GABRIEL FFERNANDES DE NEGREIROS, natural de Mossoró-RN, nascido a 26 de junho de 1920 e falecido em 20 de julho de 1986. Filho de MANOEL FERNANDES DE NEGREIROS (31/01/1894 - 07/051970) e de MARIA ADELAIDE FERNANDES GURJÃO (13/09/1888 - 12/02/1970) Casou-se em 1945 com dona Maria Zélia do Monte Negreiros ( 18/04/1925-17/07/2005), filha de Lauro de Albuquerque Monte Rocha (21/03/1898 - 31/10/1987) e de Maria de Lourdes Nogueira do Monte, filha de Lauro Albuquerque Monte Rocha (21/03/1898 - 31/10/1977) e de Maria de Lourdes Nogueira do Monte. Industrial, comerciante, advogado e Bacharel pela Faculdade de Direito da Universidade do Ceará, turma de 1942. Foi presidente da FURRN - ­Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte, atual UERN - Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, no período de junho de 1975 a fevereiro de 1976.
Gabriel Negreiros era estimado por toda sociedade mossoroense. “Depois de trabalhar alguns anos com o pai Manoel Fernandes de Negreiros, montou seu próprio negocio, a AGROTEC MAQUINAS E MOTORES LTDA, fundada ao ano de 1962, empresa que teve rápida e segura expansão, a ponto de adquirir os prédios anexos pelo lado da Rua Santos Dumont, alcançando à Praça. Getúlio Vargas. Canindé Queiroz registrou em sua coluna “PENSO, LOGO” o, no jornal Gazeta do Oeste: “A cidade ficou diminuída com sua ausência. Sua mor­te não enlutou apenas uma grande e conceituada família, mas todo o Rio Grande do Norte
5 – Elder Heronildes da Silva – 1976
6 –Paulo Laplace Rosado Coelho – 1981 – natural de Mossoró-RN, nascido a 2 de agosto de 1935, filho de Abel Freire Coelho, natural de Macaíba-RN, nascido a 04 de junho de 1902 e faleceu no dia 17 de abril de 1978, filho de Sebastião Coelho e de Maria Ermelinda Freire Coelho; e de Isaura Rosado Maia (09/2/1910), filha de Jerônimo Rosado e Isaura Rosado Maia. Concluiu o 2º ano da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Casado com Joana D’Arc Fernandes Rosado, filha de Pedro Fernandes Ribeiro e de Maria Consuelo Fernandes de Medeiros, com os seguintes filhos: Sérgio Rosado Coelho Fernandes, natural de Mossoró, nascido a 20 de março de 1962; Gustavo Rosado Coelho, natural de Mossoró, nascido a 29 de março de 1963; e Cláudio Rosado Coelho Fernandes, nascido a 18 de janeiro de 1965
7 – GENIVAL JOSUÉ BATISTA – 1981 - Natural de Mossoró, nasceu a 29 de janeiro de 1942, filho de Josué Pereira da Costa e de Maria Medeiros da Costa. Concluiu os estudos de 1º grau no Ginásio Seridoense de Caicó-RN, o 2º Grau no Atheneu Norteriograndense, em Natal. Formou-se em Odontologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e em Pedagogia pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte. Iniciou trabalhando na zona rural de Jardim de Piranhas, foi professor e ocupou cargos em todos os níveis na educação do Rio Grande do Norte, foi vice-Reitor e reitor da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte. Secretário de Educação do Estado, presidente das CDLs do Rio Grande do Norte, presidente da ACIM-Associação Comercial, Indústria e Comércio de Mossoró
8 – José Valter da Fonseca - 03/1983 – 06/1983
9 – Padre Sátiro Cavalcante Dantas – 08/1985 – 01/1987
SATIRO CAVALCANTE DANTAS, natural de Pau dos Ferros, nascido a 22 de janeiro de 1930, filho de João Fernandes Dantas e de Erondina Cavalcanti Dantas. Fez o 1º grau no Grupo Escolar Joaquim Correia, seguindo depois para o Seminário Santa Terezinha, em Mossoró. Formou-se em Teologia dogmática pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, Itália, tendo cursado depois no Brasil, os cursos de Filosofia e Direito. Como sacerdote e educador, Padre Sátiro, iniciou seu trabalho no Colégio Diocesano Santa Luzia, desencadeando uma trajetória de serviços a educação do Rio grande do Norte. Foi professor e fundador da Universidade estadual do Rio grande do Norte, reitor da UERN, conduziu a universidade no processo de estadualização professor da escola Normal e hoje exerce a direção DO Colégio do Colégio Diocesano Santa Luzia. Sua grande ralização como educador foia criação da Fundação Sócio-Educativa do Rio Grande do Norte – FUNSERN, com suas diversas unidades. Entre os grandes momentos de sua vida revela a criação do MOSTEIRO Fraternidade “São Francisco de Assis” das Monjas Clarissas, em 1999. Proprietário da primeira emissira de rádio FM, a......
Gosto de falar de policia arrodiando , ou seja, comendo pela berrada, como diz o mineiro, penso assim porque o policial ser bastante complicado
10 – Antonio de Farias Capistrano – 01/1987 – 09/1989
ANTONIO DE FARIAS CAPISTRANO, Natural de Cajazeiras-PB, nascido a 13 de novembro de 1947, filho de Benjamim Capistrano e de Alçine Farias Capistrano. Teve sua formação cultural no Rio Grande do Norte, concluiu o segundo grau no Atheneu Norte-grandense e licenciou em História, em 1978, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Mudou-se para Mossoró em 1978, onde licenciou em vários colégios,a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte. Foi presidente da Associação dos Professores de Mossoró (APM), reitor, vice-reitor d uern. Exerceu ainda cargos políticos, dentre eles, de deputado estadual e vice-prefeito na administração de Rosalba Ciarline. O professor Antonio Capistrano foi ainda Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação e diretor da Fasculdade de Filosofia e Ciências Sociais 9FACIC). Em 2007 escreveu o livro UERN: 27 Anos de uma Vivência (um breve relato) da editora Off-set e que paz parte da Coleção África/América. A CAPA E A DIAGRAMAÇÃO DO LIVRTO SÃO DE Valdomiro Duarte , a revisão de Marcos Ferreira e Wlademir Saores Capistrano. Foi lançado no dia 27 de novembro de 2007
11 – Antonio Gonzaga Chimbinho – 09/1989 – 09/1993 . Natural de Assu-RN, nascido a 16 de janeiro de 1947, filho de Francisco Pedro Chimbinho e Rosa Gonzaga Chimbimho. É dono de uma história vitoriosa. Chegou em Mossoró em 1972, 4 anos depois instalou a Livraria Independência, localizada na Praça Antonio Joaquim, centro, em Mossoró, depois criou a Livraria do Estudante e a Escrita. Foi um dos fundadores do MDB e fez parte dos quadros do PMDB e hoje é filiado ao PSDB. Como presidente da Fundação Municipal da Cultura-FMC, o qual realizou um trabalho em prol da cultura mossoroense que merece destaque. Foi reitor da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte. É casado com Jandira Capistrano Gonzaga e pai de Thiago Capistrano, Talsa Capistrano e Taíza Capistrano
12 – Maria das Neves de Oliveira Castro – 01/1993 – 09/1997 - natural de Catolé do Rocha-PB, nascida a 5 de agosto de 1946, filha de Elpidio Gurgel de Brito e de Ana de Oliveira Gurgel, é casada com Francisco Ilton de Castro.mãe de Ítalo Marcio GURGEL DE Castro e Ilnabra Márcia Gurgel de Castro. Iniciou seus estudos no Colégio Francisca Mendes, em Catolé do Rocha, tendo terminado o segundo grau no Centro Educacional Jerônimo Rosado, em Mossoró. É FORMADA PELA Universidade Estadual do Rio Grande do Norte. Iniciou sua carreira profissional como professora no Grupo Escolar Sólon Moura, situado na Praça da redenção, 17, Centro, Mossoró, , inaugurado em 15 de março de 1965, exerceu funções de professora, Pró-Reitora, Vice-reitora e Reitora da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte.
12 – José Valter da Fonseca – 09/1997 – 09/2001
12 – José Valter da Fonseca

Reeleito em 06/04/2001
Posse em 09/2005
JOSÉ WALTER FONSÊCA, natural de Angicos-RN, mas orgulhoso da cidadania mossoroense. Nasceu a 15 de agosto de 1952, filho de policial reformado Waldir Martins da Fonseca e de dona Heloísa Soares. Iniciou seus estudos na Escola Estadual Antonio Gomes, passando pelas escolas estaduais 30 de Setembro e Jerônimo Rosado. Foi também na direção da Emater (1987), porém, seu principal cargo foi a de Reitor da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, e teve como vice-Reitor, o professor Lúcio Ney. Casado coma professora Eva Maria Dantas da Fonseca, pai de quatro filhos. É engenheiro agrônomo formado na UFERSA-Universidade Federal do Semi-Árido, antiga ESAM-Escola Superior de Agricultura de Mossoró, turma de 1973, com pós-graduação pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, em Piracicaba-SP. Foi secretário Especial no governo de Geraldo Melo (1988), Assessor da Fundação Capes (órgão do Ministério da Educação).
VICE-REITOR – Olga de Oliveira Freire
13 - Dr. MILTON MARQUES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS
VOCÊ QUER PESQUISAR, VOCÊ ENCONTRA EM UM ÚNICO LOCAL, NO "PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS", A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DE MINHA QUERIDA E AMADA TERRA POTIGUAR, COM 20 BLOGS, 1780 LINKS, UM ORKUT, UM YOUTUBE, UM FACEBOOK,UM TWITTER, UM MSN E UMA PÁGINA MUSICAL, TOTALIZANDO 1806 ENDEREÇOS ELETRÔNICOS NA WEB. CRIADO A XXVIII - XII - IIMM, PELO STPM JOTA MARIA, COM A COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JOTA JÚNIOR # 100 % NORTE-RIO-GRANDENSE. ACESSE E CONFIRA!

Quem sou eu

Minha foto
É o blog da cultura, política, economia, história e de muitas curiosidades regionais, nacionais e mundiais. Pesquisamos, selecionamos, organizamos e mostramos para você, fique atenado no Oeste News, aqui é cultura! SÃO 118 LINKS: SEU MUNICÍPIO - histórico dos 167 municípios potiguares; CONHECENDO O OESTE, MOSSORÓ, APODI - tudo sobre o município de Apodi, com fatos inéditos; MOSSORÓ - conheça a história de minha querida e amada cidade de Mossoró; SOU MOSSOROENSE DE NASCIMENTO e APODIENSE DE CORAÇÃO; JOTAEMESHON WHAKYSHON - curiosidades e assuntos diversos; JULLYETTH BEZERRA - FATOS SOCIAIS, contendo os aniversariantes do mês;JOTA JÚNIOR,contendo todos os governadores do Estado do Rio Grande do Norte, desde 1597 a 2009; CULTURA, POLICIAIS MILITARES, PM-RN, TÚNEL DO TEMPO, REGISTRO E ACONTECIMENTO - principais notícias do mês; MILITARISMO. OUTROS ASSUNTOS, COMO: BIOGRAFIA, ESPORTE, GENEALOGIA, CURIOSIDADES VOCÊ INTERNAUTA ENCONTRARÁ NO BLOG "WEST NEWS", SITE - JOTAMARIA.BLOGSPOT.COM OESTE NEWS - fundado a XXVII - II - MMIX - OESTENEWS.BLOGSPOT.COM - aqui você encontrará tudo (quase) referente a nossa querida e amada terra potiguar. CONFIRA...

LINKS DE MOSSORÓ

CÂMARAS

QUAL É O CLUBE DE FUTEBOL PROFISSIONAL MAIS QUERIDO DE MOSSORÓ?

QUAL É A MELHOR UNIVERSIDADE PÚBLICA DE MOSSORÓ?